Superdownloads – Disco Rígido tem conserto?

PEDRA ENXUTA – Matéria antiga (do site superdownloads), porém muito interessante, leiam ou visitem o site!
 
Estudo mostra principais defeitos ocorridos em HDs e se é possível consertá-los (Redação 01/12/2004)

Na função de moderador do grupo de estudo sobre recuperação de dados e manutenção de HD recebo diariamente perguntas relacionadas com o assunto, uma das perguntas mais populares referente à técnica de consertar HD é a dúvida sobre o qual a média de sucesso é possível atingir. Para esclarecer melhor esta dúvida gostaria de comentar de forma resumida o resultado do estudo efetuado pela tecnociência.com.br em 2.000 HDs onde foram observados alguns itens que acredito serem úteis para esta dúvida.

O estudo foi desenvolvido com parceiros de assistência técnica, e técnicos independentes que aceitaram preencher o formulário de atendimento detalhando assim o ambiente, diagnostico e solução do problema. Por uma questão comercial o relatório não abordou a técnica de manutenção HD empregada entendendo que esta é parte do segredo profissional que garante a livre concorrência.

Os principais problemas detectados foram:

17%………Saturação de circuito
33%……..Controladora com defeito
48%……..Erro por vírus
27%……..Erro físico na mídia
39%……..Erro lógico na mídia
5% ………Erro físico na agulha
3% ………Erro físico no motor
26% …….Erro de usuário

É importante salientar que em alguns casos um único disco chegou a possuir três ou mais erros em conjunto. Isso ocorre devido ao fato de um erro na controladora ser capaz de provocar erro físico e/ou lógico na mídia, agulha e/ou motor.

Saturação de circuito, Erro físico na mídia e Controladora com defeito: Usou-se o termo saturação de circuito para o bloqueio do HD, neste caso o disco não responde até a energia contida na controladora ser descarregada. 93% dos casos observados o HD estava instalado em computadores sem aterramento ou com aterramento inadequado. 69% dos casos o computador onde o disco estava instalado não possuía ventilação adequada provocando aquecimento inadequado.

Erro por vírus: 74% no momento do ataque não possuíam antivírus atualizado ou com a proteção automática ativado. 6% autorizaram a entrada do vírus manuseando inadequadamente o antivírus. 20% O vírus passou por falha do antivírus.

Na manutenção do HD em um contexto geral, em média 60% conseguem ser recuperados uma ou duas vezes por um período médio de um a dois anos se o técnico possuir as ferramentas adequadas e também materiais de reposição, principalmente controladoras para substituição.

Na recuperação de dados 80% dos dados em uma média geral conseguem ser recuperados e o sucesso parece estar muito mais ligado a técnica empregada, uma vez que 98% dos técnicos entrevistados usam vários softwares diferentes em um mesmo problema até atingir seu objetivo.

Dos 2.000 HDs consertados 30% não puderam ser recondicionados, 6% voltaram na primeira semana, 4% voltaram na segunda semana. Dos 2.000 HDs em que se tentou recuperar dados 78% obtiveram recuperação total, 12% a recuperação foi parcial e 10% não foi obtido nenhum sucesso.

É muito importante salientar que a média de manutenção HD esta relacionada ao fornecimento de peças de reposição, e a estatística de um técnico sem um fornecedor de componentes e/ou controladoras e demais peças parece sugerir uma média de manutenção inferior a 48% uma vez que esta é a taxa de problema lógico e não físicos.

A comunidade tecnociência.com.br esta elaborando o desenvolvimento de um banco de dados de uso geral, para que técnicos possam cadastrar detalhes sobre os discos e computadores onde será possível cruzar dados na busca por melhores técnicas de manutenção e diagnóstico. Este projeto terá inicio em abril de 2005 e os interessados em participar deverão cadastrar-se na comunidade tecnociência no link tecnociência.com.br/comunidade

Jéferson Silva (JSilva) – Gerente de projetos

Fonte: Superdownloads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: